• about me
  • menu
  • categories
  • Emy Teranishi

    Emy Teranishi

    A menina que cresceu sonhando em ir para Hogwarts. Agora, aos 27 anos, só quer descobrir como ser ela mesma num mundo cheio de padrões. Escreve porque os pensamentos transbordam e lê porque os livros são seu refúgio. Mãe de uma menina, dois cachorros e muitos sonhos. Sinta-se em casa e não repara na bagunça, a mudança é constante por aqui ♥

    A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil







    Sejam bem vindos à bordo da Andarilha!
    Uma nave especializada em fazer furos, ou melhor, construir tuneis no espaço aberto. O nosso capitão é o Asbhy e a tripulação é uma mistura harmoniosa de humanos com outras raças alienígenas e claro, não podemos esquecer de Lovely, a IA (Inteligencia Artificial) que mantem todos a bordo bem informados.

    Becky Chambers e sua escrita

    Se você é daqueles que curte tecnologia e termos científicos, certamente vai se encantar com a riqueza de detalhes da Becky. Os detalhes são tão ricos, mas tão minunciosamente detalhados, que em alguns momentos até me cansaram um pouco, confesso.
    A autora - que é filha de cientistas espaciais - usa e abusa da criatividade e nos leva ao espaço - literalmente. Como eu mencionei acima, tudo é muito bem detalhado. No quesito apresentação dos personagens e nas suas relações com os colegas da Andarilha é ótimo, mas em alguns momentos a leitura fica um pouco arrastada (mas nada que te faça jogar a leitura no primeiro buraco negro que encontrar).

    A viagem é tão longa assim?

    Sim, pode apostar que é beeeeeeeem longa. Longa o bastante para você conhecer a fundo a história de cada um dos 9 tripulantes (contando com Lovely).Dá tempo até de você se afeiçoar por algum deles. Ou por todos. Ou por nenhum.
    E aí é que fica o impasse: muita gente torceu o bico para essa demora toda para chegar em Hedra Ka, o planeta hostil, em questão. A Andarilha é uma nave pacifica, que constrói túneis apenas. Hedra Ka é um planeta em guerra e que pode ser uma ameaça para todos e embora saiba disso, Asbhy aceita o trabalho pela boa remuneração (e talvez por acreditar que não correriam risco algum).
    E embora eu também tenha sentido falta desse climax, eu, euzinha aqui que aprendi a ver o lado bom de tudo, vi que mais importante do que um planeta em guerra e as batalhas que poderiam acontecer, é a convivência de seres tão diferentes, mas que de alguma maneira, são iguais a bordo da Andarilha. Cada um com seu drama, princípios, sonhos e desejos. Tão igual a gente aqui em solo firme, né? E esse foi um ponto muito forte do livro, que superou o cansaço e a falta de um desfecho com explosões no espaço.


    E aí, já fizeram as malas para embarcar nessa longa viagem?
    Esse foi o primeiro sci-fi que li e gostei bastante! Fico imaginando como seria a adaptação cinematográfica, caso fizessem algum dia.
    Mas, enquanto isso fica só na minha mente, vou compartilhar essa ilustração incrível que descobri lá no twitter. A Alê é ilustradora, aproveita para seguir ela lá no twitter e conheçam os outros trabalhos dela.
    @alePresser | alepresser.com
    Ficha técnica
    Título: A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil | Ano: 2017
    Páginas: 352 | Autora: Becky Chambers
    Editora: Darkside Books | ISBN: 8594540507
    Compre: Amazon | Saraiva

    Star Ranking:







    Sejam bem vindos à bordo da Andarilha!
    Uma nave especializada em fazer furos, ou melhor, construir tuneis no espaço aberto. O nosso capitão é o Asbhy e a tripulação é uma mistura harmoniosa de humanos com outras raças alienígenas e claro, não podemos esquecer de Lovely, a IA (Inteligencia Artificial) que mantem todos a bordo bem informados.

    Becky Chambers e sua escrita

    Se você é daqueles que curte tecnologia e termos científicos, certamente vai se encantar com a riqueza de detalhes da Becky. Os detalhes são tão ricos, mas tão minunciosamente detalhados, que em alguns momentos até me cansaram um pouco, confesso.
    A autora - que é filha de cientistas espaciais - usa e abusa da criatividade e nos leva ao espaço - literalmente. Como eu mencionei acima, tudo é muito bem detalhado. No quesito apresentação dos personagens e nas suas relações com os colegas da Andarilha é ótimo, mas em alguns momentos a leitura fica um pouco arrastada (mas nada que te faça jogar a leitura no primeiro buraco negro que encontrar).

    A viagem é tão longa assim?

    Sim, pode apostar que é beeeeeeeem longa. Longa o bastante para você conhecer a fundo a história de cada um dos 9 tripulantes (contando com Lovely).Dá tempo até de você se afeiçoar por algum deles. Ou por todos. Ou por nenhum.
    E aí é que fica o impasse: muita gente torceu o bico para essa demora toda para chegar em Hedra Ka, o planeta hostil, em questão. A Andarilha é uma nave pacifica, que constrói túneis apenas. Hedra Ka é um planeta em guerra e que pode ser uma ameaça para todos e embora saiba disso, Asbhy aceita o trabalho pela boa remuneração (e talvez por acreditar que não correriam risco algum).
    E embora eu também tenha sentido falta desse climax, eu, euzinha aqui que aprendi a ver o lado bom de tudo, vi que mais importante do que um planeta em guerra e as batalhas que poderiam acontecer, é a convivência de seres tão diferentes, mas que de alguma maneira, são iguais a bordo da Andarilha. Cada um com seu drama, princípios, sonhos e desejos. Tão igual a gente aqui em solo firme, né? E esse foi um ponto muito forte do livro, que superou o cansaço e a falta de um desfecho com explosões no espaço.


    E aí, já fizeram as malas para embarcar nessa longa viagem?
    Esse foi o primeiro sci-fi que li e gostei bastante! Fico imaginando como seria a adaptação cinematográfica, caso fizessem algum dia.
    Mas, enquanto isso fica só na minha mente, vou compartilhar essa ilustração incrível que descobri lá no twitter. A Alê é ilustradora, aproveita para seguir ela lá no twitter e conheçam os outros trabalhos dela.
    @alePresser | alepresser.com
    Ficha técnica
    Título: A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil | Ano: 2017
    Páginas: 352 | Autora: Becky Chambers
    Editora: Darkside Books | ISBN: 8594540507
    Compre: Amazon | Saraiva

    Star Ranking:

    . 16 de jan de 2018 .

    10 comentários

    1. Emy, sua leitura tá realmente em dia! 2018 mal começou e já tem 2 resenhas aqui no blog, que coisa linda de ser ver <3

      Fiquei curiosa com a história, mas ando tão preguiçosa de ler, nem as HQs que tanto gosto tem ido pra frente, então nem vou me enganar dizendo que um dia vou ler. Mas vou ficar na torcida intensa que um dia vire filme, porque essa ilustra aí no final deu um gostinho da diversidade dos personagens!

      Beijos :D

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Mi, tô realmente muito contente com meu ritmo! hahaha Como eu disse naquele vídeo, minha meta para 2018 é (sendo realista) ler 50 livros. Vamos ver se consigo! ;D

        A história é muito bacana por tratar dessa diversidade de uma forma bem realista, mesmo se tratando de seres de espécies diferentes. Eu gostaria que virasse um filmão! HAHAHA

        Beeeeeijos <3

        Excluir
    2. Essa história é basicamente sobre os personagens, muito mais do que a aventura até o planeta hostil em si, né? Acho que talvez isso tenha decepcionado alguns leitores, eu particularmente gostei bastante da proposta e escrita da autora! Ela conseguiu incluir em sua história uma diversidade tão interessante, né?
      Beijos!
      Colorindo Nuvens

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Dai!
        Siiiiiim, é muito mais sobre descobrir como cada um lida com um mesmo tema em questão... É algo muito mais profundo, eu acho, rs.
        Eu também gostei da proposta e do desenvolvimento da história (embora em alguns momentos tenha cansado de ler, hahahaha)

        Agora vamos aguardar pelo próximo livro da Becky, né?

        Excluir
    3. Oi Emy <3 Ai que saudades que eu tava de vir ler seus posts <3
      Acredita que vi esses dias a capa desse livro numa livraria e fiquei super curiosa? Ai acesso seu blog e encontro exatamente a resenha dele. Olha, você conseguiu me deixa ainda mais curiosa para ler esse livro. Eu sou uma apaixonada por histórias que envolvem ficção cientifica, planetas e "coisas doidas" kkkk e me encantei com sua resenha. Coloquei esse bebê na minha lista de desejado e espero lê-lo em breve. <3

      Super beijoooo
      www.jufaria.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oie Ju! Como é bom tê-la sempre por aqui! <3
        A capa é de arrancar suspiros, né? AH, eu fico muito feliz em saber que consegui aguçar sua curiosidade, hahahahahah A narrativa da autora é diferente de tudo o que já li até hoje e eu gostei muito da proposta dela! Espero que consiga ler essa belezura o quanto antes! Me diga o que achou quando ler, tá?

        Beeeeijos <3

        Excluir
    4. Esse livro entrou para os meus favoritos da vida. Adorei a forma que autora tratou com simplicidades assuntos tão polêmicos (e que nem deveriam ser). Não vejo a hora de sair a continuação *_*

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Clay! *-*
        Sim, a Becky conseguiu conquistar nossos corações né? Em muitos momentos fiquei pensando em como as situações descritas por ela poderiam se passar com alguém que conhecemos ou até mesmo conosco... Gostei muito mesmo.

        Somoooos duas querendo mais dessa história, então! o/

        Beeeeijos <3

        Excluir
    5. Adorei o título, achei a capa linda mas... não tenho paciência para livro muito detalhado. Me cansa. Gosto de livros mais dinâmicos, ou que se focam mais nas pessoas do que no ambiente ao redor.

      Tami
      Gaveta Abandonada

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Tami! Seja bem vinda! <3
        Por ser um sci-fi, acho que a autora quis nos colocar beeeeeem dentro da história rsrs E confesso que demorei um pouco para pegar o embalo por conta disso, mas no fim valeu a pena!

        Excluir

    Deixe aqui um Oi. Vou adorar te conhecer!

    popular posts